A grama da gente


recife porto

O ditado, como todo ditado, é clichê. E, como todo ditado, ilustra uma verdade – ainda que não absoluta. De qualquer forma, vale repetir: “A grama do vizinho é sempre mais verde”. E vale ainda mais contestar.

Nesta resenha, dedico-me um pouco a um dos exercícios favoritos do pernambucano: vangloriar-se da própria terra. É que o texto trata de Recife Porto, um belo exemplar da poesia contemporânea de um estado com vasta tradição nessa arte.

No livro de 70 e poucas páginas, lançado em 2004, Marcos D’Morais segue a fórmula adotada por outros poetas de renome, como Carlos Pena Filho, Ascenso Ferreira, Manuel Bandeira, Joaquim Cardozo, etc, e põe em destaque os símbolos do Recife (as ruas, o cais, os rios, o mangue). Algumas vezes, traça comparações com outras cidades, sobretudo Porto, em Portugal, onde estudou literatura.

Noutros poemas, D’Morais aborda temáticas mais “humanas”, caminhando por assuntos como a liberdade, a arte, a boemia e o amor. Às vezes, termina por mesclar as duas vertentes (o Recife e os sentimentos) – que, afinal de contas, combinam. Em suma, é um livro bastante agradável para os pernambucanos que apreciam poesia, uma leitura que convém, ainda que seja só para mostrar o verde da nossa grama.

Recife Porto me agrada por diversas razões. Gosto das temáticas, do tamanho dos poemas (curtos ou medianos) e da sua disposição (mistura de sonetos, formas livres, concretos, etc). Também – e, aqui, é um ponto extremamente pessoal – me identifico com o estilo de escrita de Marcos D’Morais, enxergo semelhanças com grande parte do que escrevi nos últimos sete anos, após a publicação do meu livro de poesia Delírios de um Sonhador (sobre o qual, claro, não escreverei aqui).

Para fechar a resenha, um trecho do poema “A Rotina”, onde também me reconheço:

Garçom, por favor:

Café,

Arsênico

E poesia

Para um dia como outro qualquer.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s