A raposa e as uvas: uma homenagem


20 de dezembro de 2013 entrou para a história como um dia triste. Os cabelos grisalhos e arrepiados, os óculos escuros grandes demais, as bochechas caídas e a voz meio fanha vão fazer falta. A despedida do Rei do Brega, Reginaldo Rossi, é como o amor da mulher que trai o marido em plena lua-de-mel: tem gosto de fel.

Nascido no bairro dos Coelhos, área de baixa renda do Recife, o cantor e compositor de Garçom, Mon amour meu bem ma femme  e Tô doidão não publicou nada de literatura (sem desconsiderar, é claro, a poesia nas suas letras). Então, como homenagem alternativa, o Livro Leve Solto explica a história original da raposa e das uvas, que deu título a um dos maiores sucessos da carreira de Rossi.

Trata-se de uma fábula de autoria do grego Esopo (século VI a.C) e reescrita pelo francês La Fontaine (século 17), sobre uma raposa que, faminta, avista uma penca de uvas em uma vinha alta. Tenta diversas vezes alcançar as frutas, mas, diante do fracasso, adota uma postura de desprezo, afirmando que estão verdes. A moral passa, justamente, pela estratégia de disfarçar o insucesso a partir do menosprezo ou depreciação da coisa desejada.

No clássico de Reginaldo Rossi – por aqui, mais conhecido do que a fábula -, a relação entre a raposa e as uvas é um pouco mais “adulta” e parece ter um final mais feliz. Ainda assim, não dá para esconder que algo da mensagem original se mantém. Pelo menos, no quesito ambição.

“Eu era a raposa, você as uvas

E eu querendo seu beijo roubar

E, por mais que você se esquivasse, eu tinha certeza,

Que, no fim do baile, na minha lambreta,

Aquele broto bonito ia me abraçar”

 

Uma boa viagem para a raposa mais sensual deste Brasil! Obrigado, Rossi!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s