A Semana: 5 a 11 de janeiro


OLYMPUS DIGITAL CAMERAQue semana! De 5 a 11 de janeiro, muita gente importante na história da literatura veio ao mundo. O destaque, no entanto, vai para um falecimento. Há 690 anos, morria o veneziano Marco Polo, mercador, explorador e diplomata que se destacou por sua navegação até o oriente (a China, inclusive) e o consequente relato, no livro As viagens. A obra, por muito tempo, foi referência sobre a realidade das civilizações fora da Europa.

Confira outros eventos relevantes:

5 de janeiro: nascimento de Umberto Eco, em 1932, em Alexandria. O escritor, filósofo, semiólogo e linguista italiano tem uma vasta carreira acadêmica e é autor de romances como O nome da rosa e O pêndulo de Foucault e de ensaios como História da beleza e História da feiúra.

6 de janeiro: nascimento do libanês Khalil Gilbran, em 1883. Escreveu em árabe e inglês, frequentemente abordando temas como a amizade, a morte e a natureza, sob inspiração do misticismo oriental. Tem, como obra mais famosa, o livro O profeta.

8 de janeiro: nascimento, em 1942, do físico e cosmólogo inglês Stephen Hawking. É um dos mais renomados cientistas do século 20, com obras importantes, como Uma breve história do tempo: do Big Bang aos buracos negros O universo numa casca de noz. Embora seja portador de esclerose lateral amiotrófica, doença degenerativa que paralisou os músculos do seu corpo, segue em atividade, valendo-se de equipamentos de alta tecnologia.

9 de janeiro:

a) nascimento de Simone de Beauvoir, em 1908, em Paris. A escritora, filósofoca e ativista feminista teve um relacionamento pouco convencional com Jean-Paul Sartre, em que ambos mantiveram outros amantes, abertamente. Sua obra mais conhecida é o ensaio O segundo sexo.

b) nascimento do poeta pernambucano João Cabral de Melo Neto, em 1920. Conhecido pela “obsessão” pela forma dos poemas, é frequentemente chamado de “o poeta-engenheiro”, o “poeta-arquiteto”, “o arquiteto das palavras”, etc. Foi autor de clássicos da literatura brasileira, sobretudo debruçando-se sobre temáticas nordestinas, como em Morte e vida severina e O cão sem plumas.

10 de janeiro: mortes do escritor norte-americano Sinclair Lewis, em 1951, e da poetisa chilena Gabriela Mistral, em 1957. Eles foram agraciados com o Nobel de Literatura, respectivamente, em 1930 e 1945.

11 de janeiro:

a) nascimento do escritor e dramaturgo paulista Oswald de Andrade, em 1890. Um dos idealizadores da Semana de Arte Moderna de 1922 e principais representantes do modernismo, escreveu Manifesto Antropófago, Memórias Sentimentais de João Miramar e O Rei da Vela, entre outros.

b) nascimento do cronista carioca Sérgio Porto, que usava também o pseudônimo Stanislaw Ponte Preta, em 1923. Ficou conhecido pelos textos satíricos – muitas vezes, imitando reportagens ou notas jornalísticas – sobre a sociedade e o regime militar. É autor de As cariocas, que, recentemente, foi transformada em série pela Rede Globo.

c) morte da austríaca Miep Gies, aos 100 anos, em 2010. Ela foi responsável por guardar o Diário de Anne Frank durante a Segunda Guerra Mundial e permitir a publicação do clássico, anos mais tarde.

Semana que vem tem mais!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s