Eu confesso…


Publicado originalmente no dia 11 de novembro de 2013, no endereço livrolevesolto.tumblr.com.

o-pequeno-principe-000

Livro de cabeceira de 9 entre 10 crianças. Sinônimo de lirismo, juventude, filosofia. Figurinhas em cadernos, pôsteres, canecas, imagens de Facebook…

O Pequeno Príncipe, de Saint-Exupéry, está naquela lista dos super-clássicos, composta pelos livros que não são apenas conhecidos por (quase) todo mundo, mas que também já foram lidos por (quase) todo mundo.

No “quase”, eu me incluo. Sim, preciso confessar: nunca consegui ler toda a história do menininho, da flor, do planeta e da raposa (entre outros elementos que não sei citar, justamente por não ter lido).

Ganhei o livro na infância e já passamos por umas três tentativas de aproximação, em diferentes fases da vida. Em nenhuma delas, ele me cativou. E o que é pior: procurei, não achei e, agora, não tenho a menor ideia de onde o coloquei.

Vou ficar devendo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s