10, 9, 8… Sidney Sheldon!


sidney-sheldon-topper

Pela primeira vez, o 10, 9, 8… do Livro Leve Solto contempla dois autores estrangeiros consecutivamente. Mas é por um bom motivo. Hoje, 11 de fevereiro de 2014, o norte-americano Sidney Sheldon, um recordista nas disputas literárias, estaria apagando 97 velinhas de uma vida cheia de altos e baixos.

Saiba mais sobre ela a seguir:

10. Durante a Grande Depressão, pós-crise de 1929, Sidney Sheldon trabalhou como vendedor de sapatos, locutor de rádio e entregador de farmácia, para ajudar a manter a família. Depois, mudou-se para Nova Iorque para tentar a vida de compositor. Acabou desistindo da ideia e voltou para Chicago, sua terra natal.

9. Embora seja muito conhecido por seus livros de suspense e policial, Sidney Sheldon começou a escrever profissionalmente no cinema. Em Hollywood, no final da década de 1930, ele trabalhou como leitor de roteiros, fazendo resumos para facilitar a atuação dos produtores.

8. Mais tarde, junto a um hóspede da pensão onde morava, dedicou-se a escrever argumentos de filmes. Alguns deles chegaram a ser filmados. Os dois chegaram a ser contratados como roteiristas fixos do Republic Studios, mas o contrato de um ano não foi renovado.

7. Sidney Sheldon alistou-se nas forças armadas norte-americanas, para lutar na Segunda Guerra Mundial. Recebeu até treinamento para ser piloto, mas não pôde combater, por causa de uma hérnia de disco.

6. Após algumas experiências na Broadway, o escritor voltou a elaborar o roteiro de um filme. Por The Bachelor and the Bobby-Soxer, Sidney Sheldon venceu o Oscar de melhor roteiro original de 1947.

5. Em 1953, contratado como produtor da MGM, ele dirigiu um filme pela primeira vez. A produção, Dream Wife, tinha Cary Grant e Deborah Kerr como protagonistas, mas recebeu críticas negativas logo de cara. Por isso, o estúdio decidiu não a divulgar. Sheldon, então, pediu para sair da MGM.

4. Depois de idas e vindas no cinema e no teatro, inclusive conquistando o título de Melhor Musical de 1959 do Tony Awards (pela peça Redhead), Sidney Sheldon passou a trabalhar na televisão. Suas criações de destaque na telinha foram as séries Jeannie é um gênio e Casal 20. A primeira foi exibida entre 1965 e 1970, e a outra, de 1979 a 1984.

3. O primeiro dos 18 romances de Sidney Sheldon, A outra face, só foi lançado em 1970. Apesar disso, o autor afirmou que nada lhe satisfazia mais do que escrever livros, pela liberdade de produzir sozinho. Entre seus maiores sucessos, estão A ira dos anjos, O outro lado da meia-noite O reverso da medalha.

2. Sidney Sheldon tinha transtorno bipolar e chegou a tentar o suicídio aos 17 anos. Acabou durando bem mais, vindo a falecer somente em janeiro de 2007, aos 89 anos, por complicações decorrentes de uma pneumonia.

1. Todos os livros do escritor estiveram na lista dos mais vendidos do New York Times, somando mais de 300 mil cópias vendidas no mundo. E mais: ele é considerado, pelo Guinness Book, como o autor mais traduzido, com obras traduzidas para 51 línguas, em 108 países.

Anúncios

2 comentários sobre “10, 9, 8… Sidney Sheldon!

  1. só faltou uma coisinha
    ele foi o unico cara que ganhou todos os premios de renome na seção romance policial algo assim vi escrito em algum lugar acho que foram nos livros que li dele
    bom ele é o meu autor favorito apesar de nao ter lido todos os livros AINDA
    um dia chego lá kkkkkkkk
    adorei saber que ele como eu também foi locutor de rádio hahahahhaha

    marcellepires.blogspot.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s