Conheça a Biblioteca Nacional, aberta ao público há 200 anos


Fundada há exatos 204 anos, Biblioteca Nacional reúne 9 milhões de itens atualmente

Fundada há exatos 204 anos, Biblioteca Nacional reúne cerca de 9 milhões de itens atualmente. Foto: Ministério da Cultura

Há exatos 204 anos, em 29 de outubro de 1810, era fundada a Biblioteca Nacional. O espaço, que viria a ser aberto ao público em 1814, é considerado pela Unesco o maior estabelecimento do gênero na América Latina e um dos dez maiores do mundo, com cerca de 9 milhões de item. Entre eles, estão folhetos raros da história do Brasil e de Portugal, livros medievais, partituras originais do compositor Carlos Gomes (de O Guarani) e versões de Os Lusíadas, de Luís Camões, datadas de 1572.

A origem da Biblioteca Nacional remonta a uma antiga livraria pertencente a Dom José, que iria substituir a Livraria Real, destruída em um incêndio em 1755. Os planos mudaram, contudo, quando a família real portuguesa chegou ao país, em 1808, fugindo do exército napoleônico. Em 29 de outubro de 1810, o Príncipe Regente publicou um decreto determinando a construção da Real Biblioteca. Quatro anos mais tarde, o local foi aberto ao público e, em 1821, perdeu grande parte do seu acervo, levado de volta a Portugal por Dom João VI.

Prédio atual da biblioteca começou a ser construído em 1905 e foi concluído em 1910

Prédio atual da biblioteca começou a ser construído em 1905 e foi concluído em 1910. Foto: Agência Estado

Embora sempre tenha funcionado no Rio de Janeiro, a Biblioteca Nacional só chegou ao prédio atual, localizado na Avenida Rio Branco, em 1910, curiosamente também no dia 29 de outubro. Outra peculiaridade é que um dos engenheiros responsáveis se chamava Napoleão Muniz Freire, o que remete à origem do estabelecimento, com a fuga da família real portuguesa para o Brasil. O edifício tem estilo eclético, com diversos elementos neoclássicos e figuras na fachada representando a República, a Imprensa, a Bibliografia, a Cartografia, a Paleografia, a Iconografia e a Numismática, além de estátuas que simbolizam a Inteligência e o Estudo.

Para saber mais sobre a Biblioteca Nacional, acesse o site oficial (clicando aqui). Além do histórico, é possível consultar acervo, ver fotografias, realizar serviços, ler notícias e conhecer projetos.

Outra opção, também bastante interessante, é assistir ao vídeo oficial feito em homenagem aos 200 anos da Biblioteca Nacional. São só sete minutos. Confira a seguir:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s