de que adianta? | Por Luiz Henrique Ramos


fugir e não esquecer

é tão ruim quanto lembrar de querer

mas de que adianta ficar,

se não tenho você?

.

correr e não escapar

é tão ruim quanto querer não lembrar

mas de que adianta sofrer,

se você nem está?

.

de que adianta falar

se a garganta

vai sempre prender

o que eu quero ver

você escutar?

Luiz Henrique Ramos tem 21 anos, é recifense e assina uma coluna quinzenal no Livro Leve Solto, aos sábados.

OBS: Nesta semana, a coluna foi publicada, excepcionalmente, no domingo. Pedimos desculpas aos leitores do blog. A próxima edição irá ao ar em 14 de março.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s