Autoral: Surpresa


– Surpresa!

Foi o que gritaram os colegas do escritório. Três deles engravatados, a estagiária sobre os saltos, a secretária em seu vestido polido do dia (um por dia, nunca repetir). O chefe trazia uma caixa: uns vinte centímetros de altura, dez de largura, quarenta de comprimento. Grande promessa de vazio. Um laço rosa choque fingindo cor, um presente falseando ausências, uma cena mil vezes rebobinada de ficção. Ela não sorriu, tampouco teve forças para chorar. Era aquilo, só aquilo, ontem, hoje e sempre aquilo. Resignação. Recebeu o presente pesado – o peso do desencontro consigo mesmo – e abriu a boca para agradecer. Antes, porém, perguntaram-lhe: “E, então, como se sente?” E a boca abriu-se para tirar gravatas, descer de saltos, sujar vestidos. Para tornar-se chefe e destampar a caixa da vida. Para gritar:

– Presa!

Tiago Cisneiros

Se você quer ter um texto publicado no nosso espaço Autoral, entre em contato conosco, pelo Facebook, pelo Twitter ou pelo e-mail livrolevesolto@gmail.com. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s