PEC 171 | Por Eduardo Vieira


É, irmão

Agora, a polícia é o bicho papão

Lugar de jovem preto e pobre é na prisão

Pois só são presos os negão

São as leis da segregação

Criaram nos alienados essa ilusão

Como se cadeia fosse a solução

Eles num enxergam, não

Dentro da gaiola, ninguém fica são

Presos e sem acesso à educação

Assim, sim, se cria mais ladrão

Direito à escola está na Constituição

Mas pobre não tem direito a inserção

Muitos têm medo da sua opinião

Por isso, tome mais repressão

Discriminando sua forma de expressão

Não enxergam que estamos na contramão

O tempo passa e mais difícil é a evolução

Mais do mesmo a cada eleição

Políticos envolvidos em mensalão

Atolados no petrolão

A juventude presa na alienação

Pastores ditam qual é a solução

Cegar o povo em nome da religião

Enquanto isso, mais jovens com armas na mão

Mas o sangue da vítima está na nossa mão

ACORDA, meu irmão!

Eduardo Vieira tem 25 anos, é recifense e assina uma coluna semanal no Livro Leve Solto, publicando textos às quintas-feiras.

Anúncios

Um comentário sobre “PEC 171 | Por Eduardo Vieira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s