Poema sem título, de Thiago Souza | Por Eduardo Vieira


Na última quinta-feira de cada mês, Eduardo Vieira abre espaço na sua coluna para autores pernambucanos ainda pouco conhecidos pelo grande público. Em abril, o nome é Thiago Souza, mediador do Projeto Expondo Cultura e autor do recém lançado Desenquadramentos.

Abaixo, confira um de seus poemas, sem título.

decifro-te em três poderes
vênus, afrodite, iemanjá
trinas sombras
trincas sobrancelhas
olhos triplos
em três sorrisos
e tristes seios
de várias  bocas
por pernas tortas
em certos trilhos
são trêmulas poses
torpes toques
de triplos desejos
que correm, pulsam e gozam
três vezes ao cubo.

Eduardo Vieira tem 25 anos, é recifense e assina uma coluna semanal no Livro Leve Solto, publicando textos às quintas-feiras.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s