diastema | Por Eduardo Vieira


somos dois

sepa rados

um para cada lado

mas na mesma boca

.

uma única escova

uma única pasta

mas sepa rados

na mesma boca

.

o passado

um freio

nos dist ancia

na mesma boca

.

alguns erros

falta de cuidado

aumenta a dist ância

na mesma boca

.

[com tudo  

contudo]

.

um aparelho

um tratamento

pode nos juntar

no mesmo sorriso

.

uma conversa

a aceitação 

pode nos juntar

no mesmo sorriso

.

o presente

um fio

pode nos juntar

no mesmo sorriso

.

uma cirurgia

a mudança

pode nos aproximar

sermos um único sorriso

Eduardo Vieira tem 25 anos, é recifense e assina uma coluna semanal no Livro Leve Solto, publicando textos às quintas-feiras.

Anúncios

Um comentário sobre “diastema | Por Eduardo Vieira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s