Curse | Por Eduardo Vieira


the time has gone

there is no more redemption

I fucked myself

sold my soul

feelings and thoughts

are touchable now

my blood is nothing

but ink

writing down all my fears

to nobody

.

I took a one way road

a highway to self destruction

I became a writer

not a good one

but a fucking writer

anyone can read me now

my life became a play

I’m a clown

in the middle of a greek tragedy

.

every week is the same

I try to eat the world

chew myself

swallow my pride

to throw up a poem

but no one gives a damn

so why do I write?

‘cause I’m doomed to this

.

hey…

are you listening to me?

can you see me?

Eduardo Vieira tem 25 anos, é recifense e assina uma coluna semanal no Livro Leve Solto, publicando textos às quintas-feiras.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s