5 curiosidades do português – parte final

cinco português

Você sabe: nada é eterno. Decidi guardar para o último dia de 2014 a despedida da seção fixa mais tradicional do Livro Leve Solto. Com 20 edições, o quadro As cinco do português levou aos leitores do blog cem dicas e curiosidades sobre o nosso idioma. As derradeiras, você confere a seguir:

1. Talvez você já saiba que o verbo “haver”, quando empregado com o sentido de “existir”, é impessoal, devendo ser conjugado na terceira pessoa do singular. Por exemplo: “Havia muitas pessoas na sala”. O detalhe é que a regra também vale para quando “ter” é utilizado com o mesmo significado. Assim, o correto é dizer que “tinha muitas pessoas na sala”, e não que “tinham muitas pessoas na sala”.

2. A frase “somos nós que fazemos a festa” está correta? Eu sei, parece que sim. Mas acredite: o certo mesmo seria dizer “é nós que fazemos a festa”. Isso porque essa sentença apenas inverte a ordem de “nós é que fazemos a festa”, na qual a expressão “é que” atua como uma locução de realce.

3. Se 2014 não foi bom para você, não tenha medo e assuma que a situação está ruça. Isso mesmo, com Ç. A palavra que designe o mau momento não tem ligação alguma com a Rússia, mas, sim, com uma tonalidade escura, parca, também chamada ruça.

4. Primeiro, a obrigação; depois, o lazer. Mas é a obrigação a alguma coisa ou a obrigação de alguma coisa? Aí depende. É que, se a palavra seguinte for um substantivo, a preposição correta é “a”. Se for um verbo, a indicada é “de”. Exemplos: a obrigação ao preenchimento / a obrigação de preencher.

5. Se existe alguma chance de sair uma nova edição de As cinco do português? Quem viver verá. Assim mesmo, sem vírgula entre o “viver” e o “verá”. Sei que parece estranho, mas, nesse tipo de frase, é preciso ter em mente que o verbo principal é o segundo. De certa forma, ele refere-se a um sujeito definido por “quem viver”. Assim, não podemos separar os termos da oração.

Veja as edições anteriores de As cinco do português:

Parte 1

Parte 2

Parte 3

Parte 4

Parte 5

Parte 6

Parte 7

Parte 8

Parte 9

Parte 10

Parte 11

Parte 12

Parte 13

Parte 14

Parte 15

Parte 16

Parte 17

Parte 18

Parte 19

Anúncios

30 dicas do Livro Leve Solto para você aproveitar a Black Friday

black friday

Já que os consumidores brasileiros estão em polvorosa por conta da nova edição da Black Friday, superpromoção importada recentemente dos Estados Unidos, o Livro Leve Solto também vai entrar na dança. Durante a madrugada desta sexta-feira (único dia em que as ofertas estarão disponíveis – pelo menos, em tese), fiz uma busca pelos sites de cinco grandes lojas virtuais e selecionei 30 oportunidades de pagar barato (ou mais barato) por obras que fazem o meu gosto.

E por que o meu gosto vale mais do que o seu? Na verdade, ele não vale. Apenas decidi utilizar esse critério, já que cada site pesquisado está oferecendo centenas de livros em promoção e eu precisava, de alguma forma, estabelecer um parâmetro. Então, para quem quiser ampliar a biblioteca pessoal, o melhor caminho é, realmente, gastar um tempo pesquisando.

Antes de começar a lista, seis avisos e/ou considerações importantes:

1) Eu preenchi a lista a seguir à medida em que encontrei os livros nas páginas das lojas virtuais. Eventualmente, uma obra que está barata no site indicado pode estar custando ainda menos em outro. A ideia do post é servir apenas de referencial, e não como comparador de preços/apontador da melhor oferta no mercado.

2) A decisão por pesquisar nas lojas Submarino, Cultura, Saraiva, Amazon e Americanas deveu-se, exclusivamente, ao tamanho e à fama das empresas. Antes de comprar, nestas ou em outras páginas, que tal buscar referências de consumidores anteriores?

3) Durante a madrugada, tive dificuldades de navegar por alguns sites, especialmente o Submarino. Cheguei a simular compras nele, mas, quando algumas ofertas apareciam no carrinho, seus preços estavam bem acima do mencionado na página da Black Friday (exemplo: de R$ 20 para mais de R$ 60 por uma pequena coleção). Então, vale a pena tomar cuidado durante todo o processo, inclusive checando os valores que, realmente, serão cobrados pelas lojas.

4) Nem sempre é fácil, mas tente conferir se o livro, realmente, está em promoção. Nos últimos anos, a Black Friday brasileira ficou conhecida por práticas desonestas. Por exemplo: a loja aumenta o preço do produto na véspera apenas para poder anunciar um desconto com um percentual bem maior do que o real.

5) Olho no frete! A tendência é que compras maiores proporcionem entregas grátis. Cuidado para o barato não sair caro, só por causa do transporte dos produtos.

6) Ao lado de sete títulos da lista, coloquei links de “clique aqui e saiba mais”, que levam a posts do blog sobre o livro ou o autor em questão.

Ufa, acabou. Agora, vamos ao que interessa: os livros!

AMAZON BRASIL (clique para acessar o site)

  • Trilogia A fundação, de Isaac Asimov: R$ 65,40
  • Toda Poesia, de Paulo Leminski: R$ 26,45
  • O Pintassilgo, de Donna Tart: R$ 25,83
  • A menina que roubava livros, de Markus Zusak: R$ 9,87

SUBMARINO (clique para acessar o site)

  • O Torreão, de Jennifer Egan: R$ 6,21
  • A Torre Negra (7 livros), de Stephen King: R$ 99,90 -> clique aqui e saiba mais
  • Box A Sombra do Vento, de Carlos Ruiz Zafón: R$ 20,95
  • O inverno do mundo, de Ken Follet: R$ 20,97
  • O corvo, de Edgar Allan Poe: R$ 9,95
  • Os Irmãos Karamazov, de Dostoiévski: R$ 29,95 -> clique aqui e saiba mais
  • Os homens que não amavam as mulheres, de Stieg Larsson: R$ 12,45
  • Kit O Guia do Mochileiro das Galáxias (5 livros), de Douglas Adams: R$ 9,90
  • As Crônicas de Gelo e Fogo (5 livros), de George R. R. Martin: R$ 90,79

SARAIVA (clique para acessar o site)

  • Laranja Mecânica, de Anthony Burgess: R$ 19,70
  • Dom Quixote, de Miguel de Cervantes: R$ 4,70
  • Os Miseráveis (ed. especial), de Victor Hugo: R$ 44,90
  • O apanhador de sonhos, de Stephen King: R$ 6,90 -> clique aqui e saiba mais
  • O herói discreto, de Mario Vargas Llosa: R$ 7,90
  • Fim, de Fernanda Torres: R$ 15,10 -> clique aqui e saiba mais
  • Crime e castigo, de Dostoiévski: R$ 33,80
  • Pedagogia do Oprimido, de Paulo Freire: R$ 17,50
  • O Holocausto Brasileiro, de Daniela Arbex: R$ 15,70 -> clique aqui e saiba mais
  • 1984, de George Orwell: R$ 18,70 -> clique aqui e saiba mais

CULTURA (clique para acessar o site)

  • O Clube do Filme, de David Gilmour: R$ 9,96
  • Fuga do Campo 14, de Blaine Harden: R$ 9,96
  • O Pesadelo, de Lars Kepler: R$ 10,47
  • Vários livros da série Maigret: R$ 9,95

AMERICANAS (clique para acessar o site)

  • Fortaleza Digital, de Dan Brown: R$ 7,45
  • O Menino Maluquinho, de Ziraldo: R$ 15,00 -> clique aqui e saiba mais
  • Morcegos Negros, de Lucas Figueiredo: R$ 8,80

Se você encontrar outras opções vantajosas na internet, sinta-se convidado(a) para ajudar outros leitores do blog! Basta comentar este post no nosso Facebook ou nos marcar em um tweet (@livrolevesolto).

Boas compras!